PROJETO
 
SINAL VERDE PARA A EDUCAÇÃO -

DE MENINO A HOMEM – O TRAJETO DO HERÓI!

CURITIBA

2007 
Projeto Elaborado por: Acef Said
41 3323-6236
said@itapar.org.br

 

1. IDENTIFICAÇÃO DO PROJETO 

1.1  PROJETO “SINAL VERDE PARA A EDUCAÇÃO: DE MENINO A HOMEM – O TRAJETO DO HERÓI!”

O projeto “Sinal Verde para a Educação: De menino a homem – O trajeto do herói!”, de iniciativa do Instituto Tecnológico e Ambiental do Paraná – ITAPAR, por meio de uma parceria com o Centro Universitário Positivo – UNICENP, em conjunto com a Loja Maçônica Bondade e Justiça, Chácara Meninos de 4 Pinheiros, Conselho Comunitário de Segurança do Bairro do Batel – CONSEG BATEL e Associação dos Diplomados da Escola Superior de Guerra – ADESG/PR, tem como meta o treinamento e qualificação profissional de adolescentes institucionalizados que se encontrava em situação de risco (limitados, no primeiro ano, a 20 assistidos dos 13 aos 16 anos de idade). Oferecendo ambiente de segurança e conforto, as aulas prático-teóricas, bem como palestras e atividades extracurriculares serão ministradas no intuito da formação sócio-educativa dos alunos.

Assim denominados alunos, os adolescentes serão encaminhados às aulas através de prévia seleção feita pela Chácara Meninos de 4 Pinheiros, onde são residentes e desfrutam de acompanhamento psico-pedagógico. Além das aulas de formação acadêmica e prática em informática, os alunos receberão atendimento às necessidades de higiene e alimentação no próprio local.

Ao término do “ano letivo” (novembro), os alunos que cumprirem a carga horária de no mínimo 75% de freqüência e atingirem as médias estabelecidas (avaliações), receberão seus certificados, emitidos pelo CONSEG BATEL, ADESG/PR, FUNDAÇÃO HONORINA VALENTE E ITAPAR/UNICENP.

Como elemento fundante, a empregabilidade é o destaque e o diferencial do projeto, oferecendo aos alunos diplomados o ingresso no programa menor aprendiz ou em estágio (através de empresa credenciada e especializada em integração escola - empresa), permitindo aos mesmos o aprendizado e a possibilidade de remuneração. Os dois alunos que obtiverem melhor índice de aproveitamento durante o ano letivo serão contemplados, como parte da formação, com bolsas de estudo para curso em língua estrangeira a ser definida pelo mesmo. 

Visando a continuidade da formação acadêmica e possibilitando a construção de um ser autônomo, disponibilizar-se-ão, cinco meias-bolsas de estudo para ingresso em curso universitário. Através de uma parceria com a UFPR os alunos terão acesso gratuito a curso pré-vestibular onde poderão preparar-se para futuro processo seletivo de ingresso em Universidade ou Curso Técnico conforme a perfil de cada aluno. 

1.2 INSTITUIÇÃO ONDE SERÁ DESENVOLVIDO O PROJETO

 1.2.1 Nome da Instituição 

Instituto Tecnológico e Ambiental do Paraná - ITAPAR – Rua Alferes Ângelo Sampaio, 1564 – Bairro do Batel – CEP: 80.420-160 - Curitiba - Paraná.

1.3 PÚBLICO-ALVO

O público-alvo do projeto “Sinal Verde para a Educação: De menino a homem – O trajeto do herói!” compõe-se de crianças e adolescentes (13 aos 16 anos) encaminhados pela Chácara Meninos de 4 Pinheiros. O projeto em seu primeiro ano, organizar-se-á no atendimento a um grupo de 20 alunos do sexo masculino.

A partir do segundo ano em execução, e, de acordo com os recursos disponíveis, o total de cidadãos assistidos poderá aumentar, propiciando também a inserção de adolescentes portadores de necessidades especiais (deficiência visual, auditiva, etc.), através de novas parcerias, com instituições com vasta experiência na relação com este público. 

1.4 INSTITUIÇÕES PARTICIPANTES DO PROJETO 

§         Instituto Tecnológico Ambiental do Paraná – ITAPAR;

§         Loja Maçônica Bondade e Justiça;

§         Conselho Comunitário de Segurança do Bairro do Batel – CONSEG BATEL;

§         Fundação Honorina Valente;

§         Centro de Integração Empresa – Escola – CIEE;

§         Companhia de Informática do Paraná – CELEPAR, e

§         Associação dos Diplomados da Escola Superior de Guerra – ADESG/PR 

1.4.1 Direção do projeto

A direção do Projeto “Sinal Verde para a Educação: De menino a homem – O trajeto do herói!” é de responsabilidade dos senhores Acef Said, Presidente do Instituto Tecnológico e Ambiental do Paraná - ITAPAR, e Fernando Francisco de Góis, fundador e coordenador da Fundação Educacional Meninos e Meninas de Rua Profeta Elias – Chácara Meninos de 4 Pinheiros. 

1.5 RECURSOS HUMANOS

Para a execução do projeto, faz-se necessária a contratação dos seguintes profissionais:

·        Quatro monitores, para os módulos de Informática, Cidadania, Gramática e Educação Ambiental;

·        Um auxiliar de serviços gerais, para a limpeza e manutenção das instalações e equipamentos, bem como preparo dos alimentos e o acompanhamento das crianças e adolescentes durante a prática da higiene pessoal;

·        Um profissional da área de psico-pedagogia, responsável pelo acompanhamento psico-pedagógico do projeto, tantos dos módulos práticos como dos módulos teóricos;

·        Um profissional da área de psicologia, que atuará no desenvolvimento e acompanhamento de dinâmicas de grupos, atendimento terapêutico dos alunos e treinamento dos profissionais responsáveis pelos módulos aplicados. 

1.6 APRESENTAÇÃO DA ENTIDADE COORDENADORA

O Instituto Tecnológico e Ambiental do Paraná – ITAPAR, é uma entidade sem fins lucrativos, com projeto de Lei 14.00001.2008 declarando-o Utilidade Pública de Curitiba, especializada na prestação de serviços e disseminação do conhecimento na área ambiental (controle de qualidade, planejamento e preservação ambiental, análises ambientais, projetos sociais, cursos e treinamentos, entre outros). Sua missão está diretamente ligada aos objetivos do projeto Sinal Verde para a Educação: contribuir para o desenvolvimento tecnológico, social e ambiental, favorecendo a qualidade de vida dos cidadãos brasileiros. Seu endereço é: Rua Alferes Ângelo Sampaio 1564 – Bairro do Batel – Curitiba e endereço eletrônico www.itapar.org.br.

Destacamos a seguir, alguns itens importantes e significativos (entre os demais) acerca do Instituto ITAPAR constantes em seu estatuto:

a)     Promover a divulgação, em entidades de ensino públicas ou privadas, de conhecimento sobre educação ambiental, para promover a melhoria e o desenvolvimento de cursos destinados ao aperfeiçoamento de profissionais em atividades ligadas ao Meio Ambiente como forma de contribuir para a educação na Sociedade.

b)     Promover a divulgação do conhecimento na área de meio ambiente, através de livros, publicações técnicas, periódicos, artigos especializados e outras formas que se fizerem adequadas.

c)      Prestar serviços e realizar pesquisas que atendam necessidades dos setores públicos e privado relacionado com o estudo, aperfeiçoamento, análise e desenvolvimento da proteção ao meio ambiente em sentido amplo, seja internamente às organizações, seja compreendendo diferentes setores da sociedade.

d)     Oferecer apoio institucional gratuito a entidades de ensino, em assuntos ligados ao meio ambiente, transferindo conhecimentos adquiridos, com o necessário respeito requerido pelo sigilo profissional, onde couber.

Foi assinado em data de 12 de fevereiro de 2008 um termo de adesão ao serviço voluntário entre a Secretaria de Estado da Justiça e Cidadania pela pessoa do Senhor Secretário, Desembargador Jair Ramos Braga e o Instituto Tecnológico e Ambiental do Paraná – ITAPAR. A formação desta parceria tem como objetivo a execução do Projeto de Ressocialização de Apenados, cujo foco principal está na disseminação do conhecimento e conceito ambiental a estes detentos e sua reintegração à sociedade depois de cumprida as obrigações impostas pela justiça.

A sua primeira fase será junto aos detentos do Centro de Detenção Provisória de São José dos Pinhais e a carga horária será de duas aulas semanais, com duração cada uma de 2 (duas) horas, perfazendo 16 (dezesseis) horas mensais e 144 (cento e quarenta e quatro) horas anuais. Ao término do curso que é de 4 (quatro) anos, o apenado que possuir freqüência mínima de 75% e índice de aproveitamento estabelecido, receberá certificado de conclusão emitido pelo ITAPAR/UNICENP, CONSEG BATEL e Secretaria de Estado da Justiça e Cidadania.  

1.6.1 Apresentação das demais entidades envolvidas

A Loja Maçônica Bondade e Justiça foi fundada em 14 de julho de 1989 e declarada de Utilidade Pública através da Lei Municipal 7821/1991. Àquela época, seus fundadores houveram por bem escolher o nome “XIV de Julho”, em referência à queda da Bastilha e ao início da Revolução Francesa. Eis, portanto, o espírito que sempre norteia as ações de todos os maçons filiados à Loja Bondade e Justiça: Liberdade, Igualdade e Fraternidade, o lema que todos os franceses, ansiosos pelo fim das desigualdades sociais do período monárquico, bradavam.

Esta é também a missão da Loja Bondade e Justiça e de seus membros: trabalhar pelo fim das desigualdades entre homens e mulheres, promover o desenvolvimento do espírito humano e lutar pela liberdade de todos.

Entendem os membros da Loja Bondade e Justiça que nada se pode exigir do povo se não lhes é oferecida a instrução e o conhecimento que o torna livre para escolher e decidir como agir.  A ignorância somente interessa aos déspotas, tiranos e oportunistas. Assim, ao se deparar com uma realidade por vezes penosa e fora de controle, todos devem cultivar a esperança para que não fraquejem em seus ideais.

Infelizmente, o mundo não pode viver somente de esperança, motivo pelo qual a Loja Maçônica Bondade e Justiça decidiu, através de várias iniciativas e parcerias, incentivar os jovens a estudar e se tornarem livres, mesmo aqueles que ainda não freqüentam ou estão “ausentes” de alguma forma, por vontade própria ou não, dos bancos escolares, como é o caso do programa “Sinal Verde para a Educação: De menino a homem – O trajeto do herói!”, que procurará trazer ao seio da sociedade aquelas crianças “desprovidas da sorte”.

Seu endereço é na Rua Antonio Martin de Araújo, 391 – Bairro Jardim Botânico - Curitiba e seu endereço eletrônico  www.bondadeejustica.org.br

A Chácara Meninos de 4 Pinheiros há 13 anos atua de forma concreta, por meio de ações educativas e pedagógicas, com o objetivo maior de permitir a inclusão social de crianças e adolescentes, garantindo a estes cidadãos o que lhes é de direito.

A principal característica desta fundação talvez resida no fato de ver crianças e adolescentes não como um problema, mas sim como a solução e o maior bem de nossa nação. Sua proposta é pela construção de uma sociedade autônoma, solidária, cidadã, com compromisso do Estado e seu povo em prol da infância. Seu endereço eletrônico é www.4pinheiros.org.br.

O Conselho Comunitário de Segurança do Bairro Batel – CONSEG BATEL – é uma entidade sem fins lucrativos fundada em 2003 e com projeto de Lei número 14.00077.2007 declarando-o como Utilidade Pública de Curitiba, e tem como objetivo o de promover a integração entre os órgãos governamentais de segurança e a comunidade.

É, portanto, um órgão cooperador, representativo, fiscalizador e reivindicador junto às autoridades de Segurança Pública, sem, porém, interferir em sua administração. Sua sede localiza-se à Rua Alferes Ângelo Sampaio, 1564 – Bairro do Batel – Curitiba. Sua diretoria é composta pelos senhores Acef Said (Presidente), Benedito Facini (Vice-Presidente), José Alcir Gruber (Tesoureiro), Aníbal Tacla (Presidente do Conselho Fiscal) e Lylian Vargas (Marketing e Propaganda) entre outros. Seu endereço eletrônico é www.consegbatel.org.br.

A Associação dos Diplomados da Escola Superior de Guerra – ADESG, Delegacia do Paraná, é, também, uma sociedade sem fins lucrativos, declarada de utilidade pública pelo Decreto 36359, de 21 de outubro de 1954.

Entre seus principais objetivos está a promoção de cursos e conferências, além do desenvolvimento de projetos de cidadania e globalização, sempre respeitando o lema que norteia suas atividades: “Conhecer o Brasil para melhor servi-lo”.

Seu atual Presidente é o Senhor Benedito Facini e sua sede localiza-se no Largo Bittencourt, 187 – Centro – Curitiba, e seu endereço eletrônico www.adesgpr.com.br.

O Centro Universitário Positivo – UnicenP – é uma instituição de ensino superior com 20 anos, e atualmente conta com 26 cursos de Graduação, um Doutorado, três Mestrados e diversos outros programas de especialização e MBA’s.

Sua missão institucional é produzir e disseminar o conhecimento, para a formação de cidadãos e profissionais comprometidos com o saber, a ética, o trabalho e o progresso, com vistas a construir um homem e um mundo melhores. Seu campus está situado à Rua Professor Pedro Viriato Parigot de Souza, 5300 – Campo Comprido – Curitiba, e seu endereço eletrônico www.unicenp.edu.br.

2. JUSTIFICATIVA

Este projeto foi desenvolvido a partir da concepção de pensamento sistêmico, ou seja, para além da relação de ajuda no sentido meramente objetivo. Entende-se, por isto, que todo ser humano é um resultado de suas inter-relações, e que as resultantes de tal processo consistem na afirmativa que o sujeito, ao mesmo tempo em que constrói o meio, é construído por ele, formando sua identidade social. Esta identidade, mais tarde, constituir-se-á na construção e desenvolvimento de papéis sociais.

Não se pretende discorrer sobre a dicotomia indivíduo/sociedade, mas, sim, entender que a possibilidade de uma transformação na identidade social acontece a partir da resignificação do sujeito como papel social cristalizado.

Mais do que a inclusão digital, o projeto visa oferecer a aplicação prática do processo de aprendizado, na busca por novos modelos de atuar no mundo.

O modelo a ser desenvolvido visa capacitar profissionalmente adolescentes entre os 13 e os 16 anos de idade, para exercer atividades em empresas privadas, como prevê a lei do menor aprendiz, após o quê, de acordo com desempenho e capacidades individuais, possibilitará seu ingresso no primeiro emprego, além da continuidade na formação e desenvolvimento de um papel profissional que lhe permita a construção de uma profissão e autonomia pessoal.

Concomitante ao processo prático de inclusão digital, prevê-se aulas teóricas que possam disseminar e agregar conhecimento aos alunos, no sentido de desenvolver a cidadania, propiciando, assim, a transformação de sujeitos passivos em agentes ativos na construção e transformação do meio social a que estão inseridos.

A importância em se destacar a atuação de forma sistêmica está na possibilidade de abrangência dos dois pólos de construção da realidade, a construção objetiva e subjetiva do individuo, e, neste sentido, a parceria com as empresas do setor privado, como receptores dos alunos em formação, é o que lhes permitirá o espaço necessário a um trabalho remunerado, ao mesmo tempo em que agrega conhecimento.

Atento também às necessidades bio-psíquicas dos alunos, o projeto visa o acompanhamento psicológico e psico-pedagógico dos mesmos, com profissionais da área, bem como a orientação e atendimento às questões que envolvam saúde e higiene.

2.1 BREVES COMENTÁRIOS

O projeto ora apresentado visa o bem-estar dos cidadãos menores de idade da cidade de Curitiba, através do atendimento personalizado às suas necessidades alimentares, de higiene e de socialização, bem como valorizar a convivência familiar e proporcionar reforço educacional. Sua razão de ser baseia-se no espírito fundador do Estatuto da Criança e do Adolescente:

A criança e o adolescente gozam de todos os direitos fundamentais inerentes à pessoa humana (...), assegurando-lhes (...) todas as oportunidades e facilidades, afim de lhes facultar o desenvolvimento físico, mental, moral, espiritual e social, em condições de liberdade e de dignidade (ECA, Art. 3º - das Disposições Preliminares).

Da mesma forma, o Estatuto da Criança e do Adolescente prevê a necessidade de todos – sociedade e Estado – se mobilizarem para o cumprimento de suas determinações legais. O sentimento que nos move a desenvolver e executar este projeto – proteger e garantir um futuro digno às crianças carentes – é bem traduzido pela citação a seguir:

Nenhuma criança ou adolescente será objeto de qualquer forma de negligência, discriminação, exploração, violência, crueldade e opressão (...) (ECA, Art. 5º - das Disposições Preliminares).  

3. OBJETIVOS 

3.1 OBJETIVO GERAL

Melhorar a qualidade de vida, resgatando os valores inerentes à condição de cidadão, tais como família, fé, respeito às leis, educação, responsabilidade social e ambiental, higiene, comportamento, etc. e proporcionar segurança e conforto a crianças e adolescentes do projeto.

O projeto “Sinal Verde para a Educação: De menino a homem – O trajeto do herói!” é dividido em seis etapas:

1)     Seleção dos alunos através da Chácara Meninos de 4 Pinheiros; Observando os critérios de escolaridade e desenvolvimento cognitivo;

2)     Ingresso dos selecionados no projeto - Início da formação nas disciplinas devidamente mencionadas: Língua portuguesa, Cidadania, Educação Ambiental, Informática e, início dos trabalhos psicopedagógicos ;

3)     Cadastro e ingresso dos alunos nas empresas parceiras qualificadas (empresa-escola): O cadastramento será efetuado em conformidade com faixa etária e respeitando a aptidão de cada um;

4)     Ingresso dos alunos nas empresas privadas parceiras (como menor aprendiz ou estagiário): Ao término da formação e de acordo com seu nível de aproveitamento (freqüência e avaliação) os alunos serão encaminhados a ocuparem as vagas pré-oferecidas.

5)     Ingresso através de seção de vagas pela UFPR, em curso preparatório pré-vestibular da instituição: O objetivo da parceria com a UFPR, (dos alunos com idade e nível escolar compatível) em cursos preparatórios, visa aumentar as chances de continuidade de seus estudos e formação, quer seja em nível universitário, quer seja em nível técnico. 

6)     Ingresso em curso universitário: Após processo seletivo, os alunos que ingressarem em Universidades conveniadas terão o benefício de meia bolsa de estudo.

3.2 OBJETIVOS ESPECÍFICOS

Serão desenvolvidos módulos de atuação específicos na direção do encontro do sujeito com o grupo, onde serão trabalhados temas como:

§      Desenvolvimento da noção de relação em grupo, elemento de fundamental importância nas relações pessoais e trabalhistas;

§      Expressão de conflitos, facilitando a amplitude de possibilidades em resolução e elaboração de problemas;

§      Estimulação da criatividade individual e grupal;

§      Conceitos e dinâmicas que possibilitem uma maior socialização em novos grupos sociais;

§       Estímulo ao contato do adulto significativo, como pais e professores, com o adolescente, sob um novo prisma no desenvolvimento de papéis, onde o adolescente possa ser visto como um ser humano em construção, passível assim de mudanças e re-significações, rompendo com modelos e papéis sociais cristalizados, que impedem o desenvolvimento e crescimento saudável e autônomo;

§      Permitir maior disponibilidade afetiva entre os membros da instituição;

§      Facilitar a empregabilidade;

§      Possibilitar que o adolescente cujo retorno para a família torne-se inviável, possa desinstitucionalizar-se através do processo autônomo que o trabalho remunerado oferece.

 4. PLANILHA ORÇAMENTÁRIA MENSAL

A planilha a seguir apresenta as despesas mensais previstas para a execução do projeto “Sinal Verde para a Educação: De menino a homem – O trajeto do herói!”:

Descrição

Unidade

Qtde

R$

Folha de pagamento (salário-base +111,20%) encargos sociais s/salário

(R$ 650,00) e 13º.

Pessoa

7

R$  10.410,40

Ecco-Salva (remoção de urgência e emergência)

Total

1

R$       957,60

Despesas com vales-transporte (20 assistidos + 7 funcionários) a R$ 1,90/unid

Dia

22

R$    2.257,20

Aquisição mensal de cestas básicas para 20 famílias (a R$ 60,00 por família)

Unidade

20

R$    1.200,00

Material escolar e de expediente (estimado)

Total

1

R$       111,90

Luz, água e telefonia (inclusive Internet)

Total

1

R$    1.000,00

Alimentação mensal dos 20 assistidos e 7 funcionários (R$ 4,68 por dia)

Total

1

R$    2.779,92

Produtos de limpeza e higiene em geral para 20 assistidos e 7 funcionários (R$ 3,00/dia por pessoa, durante 22 dias do mês)

Total

1

R$       929,91

TOTAL

 

 

R$  19.646,93

 4.1 DESDOBRAMENTO DAS PRINCIPAIS CONTAS 

A planilha a seguir apresenta o desdobramento da conta “Folha de pagamento”:

Descrição

Unidade

Qtde

R$

Salário dos profissionais de psico-pedagogia e psicologia

Pessoa

2

R$    1.300,00

Salário dos monitores de Informática, Civismo, Gramática e Educação Ambiental

Pessoa

4

R$    2.600,00

Salário do auxiliar de serviços gerais

Pessoa

1

R$       650,00

Encargos sociais sobre salários

Pessoa

2

R$    5.481,23

Provisão para 13º salário

Pessoa

2

R$       379,17

TOTAL

 

 

R$   10.410,40

 A planilha a seguir apresenta o desdobramento da conta “Material escolar e de expediente (estimado)”: 

Descrição

Unidade

Qtde

R$

Papel A-4

Resma

2

R$        27,00

Tinta para impressora

Cartucho

1

R$        64,90

Lápis, canetas, borrachas e outros

Total

1

R$        20,00

TOTAL

 

 

R$       111,90

A planilha a seguir apresenta o desdobramento da conta “Alimentação mensal”:

Descrição

Unidade

Qtde

R$

Arroz

5 kg

20

R$     141,30

Feijão

1 kg

100

R$     265,00

Açúcar

5 kg

4

R$       17,92

Óleo

900 ml

10

R$       23,10

Sal

1 kg

3

R$       10,50

Farinha de Trigo

5 kg

2

R$       12,88

Gás botijão 13 kg

Unid

10

R$     330,00

Margarina

500 gr

8

R$       19,92

Macarrão

500 gr

40

R$       72,80

Leite (caixa c/12 x 1 litro)

Caixa

8

R$     114,24

Creme de Leite

300g lt

6

R$       17,16

Leite condensado

300g lt

6

R$       15,12

Requeijão

200g

8

R$       20,88

Creme de amendoim

250g

8

R$       32,32

Cereal de Nescau

30 gr

4

R$       19,58

Sustagen

400 gr

4

R$       13,64

Achocolatado

400 gr

12

R$       33,00

Amido de Milho

cx 200g

3

R$         5,46

Biscoito Recheado

165 gr

80

R$       98,20

Bolo em caixa

500g

8

R$       16,40

Queijo prato

500 g

3

R$       44,94

Queijo ralado

50g

4

R$         7,86

Mortadela

kg

3

R$         3,71

Presunto

kg

3

R$       19,23

Maionese

500g

8

R$       65,60

Fermento de bolo

200g

8

R$       14,60

Fermento de pão

unid

8

R$         6,80

Farinha de milho

1kg

4

R$         8,72

Farinha de mandioca

unid

2

R$         3,70

Ervilha verde em lata

unid

8

R$         8,16

Milho verde em lata

unid

8

R$       10,08

Atum

unid

8

R$       24,40

Sardinha

unid

8

R$       15,68

Ovos

DZ

10

R$       20,80

Carne bovina

kg

50

R$     500,00

Salsicha

kg

10

R$       29,60

Frango

kg

4

R$     125,08

Filme PVC

Rolo

6

R$       23,76

Fósforo

pcte

2

R$         3,58

Milho de Canjica

pcte

8

R$       15,72

Milho de Pipoca

ptce

8

R$         9,76

Vinagre

lts

2

R$         1,76

Iogurtes diversos

unid

20

R$       53,40

Catchup

200 ml

3

R$         8,10

Mostarda

200 ml

3

R$         5,91

Tempero Knorr

unid

8

R$         3,44

Refrigerantes 2 litros

unid

36

R$       35,60

Rolo de Alumínio

 

2

R$         5,56

Suco em pó (rende 1 litro)

unid

60

R$       46,60

Pêssego em Calda

 

3

R$       12,54

Abacaxi em Calda

 

3

R$       11,16

Extrato de tomate lata

unid

15

R$       19,65

Pão

Kg

65

R$     284,60

TOTAL

 

 

R$  2.779,92

 A planilha a seguir apresenta o desdobramento da conta “Produtos de limpeza e de higiene pessoal”: 

Descrição

Unidade

Qtde

R$

Absorvente - pacote

unid

12

R$     24,72

Shampoo – 500 ml

unid

10

R$     45,60

Guardanapo de papel

unid

10

R$     11,70

Lâmpadas 100w

unid

8

R$     10,08

Lâmpadas 60w

unid

4

R$       4,28

Água Sanitária

02 litros

8

R$     42,32

Palha de aço

pacote

3

R$       5,55

Saco para lixo com 10 unidades x 100 L

pacote

40

R$     60,00

Amaciante de Roupas

2lt

4

R$     24,36

Desinfetante sanitário

2lt

6

R$     26,20

Desodorante sanitário

2lt

4

R$     16,00

Detergente líquido

500ml

12

R$     11,64

Esponja de louça

pacote

3

R$       5,97

Esponja de Aço

pacote

8

R$     13,92

Limp. de azulejo multiuso Veja

1 lt

4

R$     21,16

Cera líquida

1 lt

5

R$     32,50

Limpador de Piso

2lt

4

R$     12,66

Limpador de Vidros

500ml

6

R$     17,34

Lustra móvel

200ml

1

R$       2,82

Pano de Chão

unid

4

R$     13,76

Creme dental

90gr

8

R$     32,08

Rodo Para Chão

unid

3

R$     16,20

Naftalina

50g

4

R$       4,24

Sabão em Barra

5 unid

2

R$       5,70

Sabão em Pó

1kg

3

R$       9,72

Sabonete

90gr

40

R$     58,80

Vassoura

unid

3

R$     39,50

Toalha de Papel Rolo

rolo

3

R$       6,72

Saponáceo Cremoso

300ml

4

R$       8,52

Papel Higiênico c/ 8

c/08 unid

10

R$     31,10

Esponja de Banho (uso individual)

unid

20

R$     94,80

Escova de Dentes

unid

20

R$     78,80

Condicionador

650ml

5

R$     53,15

Desodorante roll-on

50ml

20

R$    127,00

Cotonete

unid

20

R$     20,40

TOTAL

 

 

R$   929,91

 5. PLANILHA DE INVESTIMENTOS INICIAIS

 A planilha a seguir apresenta as necessidades de investimento em equipamentos para a execução do projeto “Sinal Verde para a Educação: De menino a homem – O trajeto do herói!”: 

Descrição

Unidade

Qtde

R$

Computadores modelo desk-top com monitor

Unidade

10

R$14.990,00

Impressora

Unidade

2

R$  1.500,00

Geladeira 240 litros

Unidade

1

R$  1.049,00

Pratos, talheres, copos, panelas e utensílios

Total

1

R$  2.000,00

Freezer horizontal 1 porta 239 litros

Unidade

1

R$  1.399,00

Televisão 29’’

Unidade

1

R$     749,00

Aparelho de DVD

Unidade

1

R$     250,00

Aparelho de projeção (data-show)

Unidade

1

R$  3.500,00

Mesas e cadeiras para 20 assistidos

Unidade

1

R$  2.000,00

Fogão industrial 4 bocas com forno

Unidade

1

R$  1.099,00

Máquina lava-roupas 8kg

Unidade

1

R$  1.399,00

Reforma predial

Unidade

1

R$  4.000,00

TOTAL

 

 

R$ 33.935,00

 6. PLANO DE APLICAÇÃO

Instituto Tecnológico e Ambiental do Paraná -ITAPAR – CNPJ 08.197.366/0001-04

VALOR RECEBIDO

NÚMERO DO CONVÊNIO                                           PARCELAS(s)

Item

Especificação

Valor (R$)

1

Material de Consumo

R$  5.021,73

 

Contas “Aquisição mensal de cestas básicas”, “Material de Expediente e Escolar”, “Alimentação Mensal” e “Produtos de Limpeza e Higiene”.

 

2

Serviços de Terceiros

R$ 1.957,60

 

Contas “Ecco-Salva” e “Luz, água e Telefonia”.

 

 

3

Pessoal

R$ 12.667,60

 

Contas “Folha de pagamento” e “Vales-transporte”.

 

TOTAL DAS DESPESAS (MENSAL)

(dezenove mil, seiscentos e quarenta e seis reais e noventa e três centavos)

 

R$ 19.646,93

 Curitiba, 13 de fevereiro de 2008.
ACEF ANTONIO SAID                                      ANTONIO MANTOVANI FILHO